Jorge Novo

Descentralização e novas competências autárquicas

O próximo mandato autárquico terá como um dos domínios mais importantes, decisivo e transversal aos outros, a descentralização e as correlativas novas competências e atribuições a assumir.
A descentralização (que é muito diferente de desconcentração apesar de dizer respeito também ao território), é um bom princípio de organização e governação na medida em que, quanto mais próximos, os decisores, estiverem da população mais habilitados estarão para que as decisões que venham a tomar correspondam efetivamente aos anseios e sejam mais favoráveis a essa mesma população.


A RECREAÇÃO COM CANNABIS

Dizem que o futebol é o ópio do povo, mas há quem já o queira substituir!
Assim, talvez por entre os pingos da chuva, os resultados da nossa principal seleção de futebol e a canícula que começa a assomar-se, não se vislumbrou debate algum sobre a proposta (que ainda vai ser debatida na especialidade brevemente), do Bloco de Esquerda e da Iniciativa Liberal, sobre a legalização da produção e consumo de cannabis.


O estatuto do Cuidador Informal

Para uma necessidade que também é sentida de modo muito elevado no distrito de Bragança, foi lançada em 01 de junho do ano passado, completando agora precisamente um ano, o processo de reconhecimento do Estatuto do Cuidador Informal.

Trata-se de uma medida pública de prestação social inovadora, em certa medida pioneira, mesmo a uma escala europeia, e polifacetada, pois envolve várias áreas da governação, apresentando não só uma vertente prestacional mas também uma componente solidária.


O Estatuto do Cuidador Informal

Para uma necessidade que também é sentida de modo muito elevado no distrito de Bragança, foi lançada em 01 de junho do ano passado, completando agora precisamente um ano, o processo de reconhecimento do Estatuto do Cuidador Informal.

Trata-se de uma medida pública de prestação social inovadora, em certa medida pioneira, mesmo a uma escala europeia, e polifacetada, pois envolve várias áreas da governação, apresentando não só uma vertente prestacional mas também uma componente solidária.


A REDESCOBERTA DA FAMILIA

Celebra-se a 15 de maio, o Dia Internacional da Família. Uma importante data para relembrar quão importante e decisiva é a Família para todos e cada um de nós.
Sabemos que a nossa felicidade e a felicidade da sociedade está intimamente ligada à prosperidade desta comunidade institucional conjugal e familiar. Deste modo, nos alegramos sinceramente com a estima que lhe é dedicada e com o respeito pela vida que dela é gerada e desenvolvida.


Assinaturas MDB