Manuel António Gouveia

Em casa do senhor Joaquim

É noite. São talvez vinte e uma horas.
Depois de lauto jantar e de uma enorme confusão,
Tal como, às vezes, acontece por lá,
O senhor Joaquim
Está sentado no sofá, despreocupado e sozinho,
A olhar a televisão.

Como não vê a telenovela, a mulher, resmungando,
Foi para outra sala vê-la.

A filha, a Manuela,
Que detesta aquele argumento e aquele guião,
Fechou-se no quarto dela
E ligou para ver o Festival da Canção.


A Distância

A distância acabou por ser
Gradual, sistemática, duramente perseguida,
Seguidamente alcançada, firmemente capturada,
Terrivelmente domada, severamente oprimida,
Excecionalmente explorada…
Para, triste, sentida e doente,
Manifestar o desejo de retomar
O descanso que lhe roubámos, paulatinamente!

Utilizámos, além da humana passada,
O autocarro, o comboio, o automóvel,
A bicicleta raiada, o dirigível, o teleférico
E o ronceiro elétrico.


Este mundo

Eu não aceito este mundo...
Não aceito este mundo
Que se autodestrói
E em vez de construir, só desconstrói;
Que, ao destruir-se,
Continua impunemente a distrair-se,
Embora consumido e ameaçado
Pelas armas que, dia a dia, inventa e cria.

Preso ao terror que dessas armas lhe vem,
(Ao qual é impossível fugir alguém),
Este mundo da ignomínia, da maldade,
Da luxúria, desamor e corrupção,
Assumiu que tem na mão muitos valores
Em que o primeiro é o deus dinheiro!


O velho mendigo

Era de noite, na quadra de Natal. Cambaleante e doente, caminhava um velho mendigo, suportando fortes rajadas que um impetuoso vento fazia levantar. Havia uma semana que não se descansava com a ventania e com o frio que chegavam dos lados da serra. À noite, então, esta situação transformava-se em tragédia.
Vinha da aldeia vizinha este velho mendigo. A distância não o assustava; mas, com aquele vento e aquele frio, as forças começavam a fraquejar.


Jesus nasceu em Belém

S. Lucas, no seu Evangelho, capítulo 2, versículos 1 a 7, conta-nos as circunstâncias em que Jesus nasceu.
Dando cumprimento a um “édito da parte do Imperador César Augusto para ser recenseada toda a terra”, José, acompanhado por Maria, sua esposa que se encontrava grávida, dirigiu-se para Belém, cidade da Judeia, por ser da casa e linhagem de David, à qual ele pertencia.


O senhor Venâncio e o amigo

Conheci o senhor Venâncio há vários anos. O senhor Venâncio era muito popular lá na terra. Grupo de amigos em que estivesse presente, proporcionava a todos um grande divertimento e uns momentos bem passados que faziam esquecer as vicissitudes da vida. E aquela gente bem o merecia. Subjugados por um trabalho de subsistência – uns a cuidar das suas propriedades e outros a ajudá-los em troca da jeira – pouco dispunham de uma vida melhor do que a ruralidade, na qual o precário se avantajava em toda a extensão do seu significado.


Do alto dos oitenta e tal ano

erante a irredutível resistência de Domingos Botelho em se valer das suas influências para livrar da forca o seu filho Simão, apenas um idoso e “venerando” familiar com 83 anos de idade o fez ceder – assim Camilo no-lo dá a conhecer no “Amor de Perdição”. É o momento em que esse familiar coloca aquele irascível pai perante a alternativa: ou ele de imediato intervém a favor do filho ou então, (enquanto “apontava ao pescoço uma navalha de barba”), com aquela idade e uma vida honrada e exemplar, não valeria a pena continuar a viver sob a desonra que iria cair sobre a família.


O apocalipse que se aproxima

Ao falarmos de apocalipse, não podemos deixar de pensar numa hecatombe cujas consequências dificilmente serão por nós imaginadas e, mesmo imaginadas, totalmente compreendidas. No entanto, o apocalipse aproxima-se… e não vai tardar muito a aparecer, porque há bastante tempo que os seus graves indícios têm vindo a revelar-se, cada vez com mais intensidade.


Atirar a primeira pedra

“Quem de vós estiver sem pecado seja o primeiro a lançar-lhe uma pedra!” (Jo: 8,7).
Vive-se muito a investigação da vida pessoal de qualquer pessoa, se essa pessoa vai fazer ou faz parte dum cargo relevante em qualquer instituição. E chega a tornar-se doentia a persistência com que essa investigação avança.


Assinaturas MDB