Nordeste Transmontano

Hospitais do distrito de Bragança estão a receber doentes com Covid-19 oriundos do Vale do Sousa

Publicado por Fernando Pires em Sex, 2020-10-30 16:08

Hospital de Mirandela tem dois pacientes internados de Penafiel e Paços de Ferreira. ULS Nordeste confirma mais 4 distribuídos pelos hospitais de Macedo de Bragança, “no âmbito da articulação e trabalho em rede que caracterizam o Serviço Nacional de Saúde”, diz. Atualmente, os três hospitais têm um total de 46 pacientes com Covid-19 internados, 7 deles nos cuidados intensivos.
Os três hospitais do distrito de Bragança têm internados, atualmente, seis doentes com Covid-19 que foram transferidos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, onde a situação está complicada com uma forte pressão devido à grande incidência de infeções covid-19 na região.
A administração da Unidade Local de Saúde do Nordeste, responsável pela gestão das três unidades hospitalares do distrito, confirma que, “à semelhança do que acontece com outros hospitais da região Norte, está a prestar assistência clínica a doentes com COVID-19 provenientes da área do Tâmega e Sousa, no âmbito da articulação e trabalho em rede que caracterizam o Serviço Nacional de Saúde”, pode ler-se na resposta enviada pela ULS do Nordeste.
A mesma nota revela que, na base desta cooperação, “a ULS do Nordeste recebeu 6 doentes, dos quais 2 ficaram internados na Unidade Hospitalar de Bragança, 2 na Unidade Hospitalar de Macedo de Cavaleiros e 2 na Unidade Hospitalar de Mirandela”.
Recorde-se que, no início desta semana, a secção Regional Norte da Ordem dos Enfermeiros denunciou a “situação insustentável” do Hospital Padre Américo, em Penafiel, com perto de três dezenas de casos confirmados de Covid-19, na área respiratória do serviço de urgência.
Com unidades em Penafiel e em Amarante, em causa está um hospital do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa que presta apoio a cerca de 520 mil pessoas de uma região que inclui Paços de Ferreira, Lousada e Felgueiras, concelhos onde o Conselho de Ministros decretou dever de permanência no domicílio.
Entretanto, os últimos dados avançados pela ULS Nordeste sobre o número total de pacientes com Covid-19, internados nas três unidades hospitalares do distrito de Bragança, referentes à meia-noite da passada quarta-feira, apontavam para 46 doentes, 39 dos quais estavam em internamento e 7 nos cuidados intensivos.
Ou seja, dos mais de 650 casos ativos no distrito, apenas cerca de 7% é que necessita de cuidados hospitalares, os restantes 93% recuperam no domicílio.