// Diocese

Novo Ano Litúrgico e Pastoral apresentado online na Catedral

Publicado por Redação em Qui, 2020-11-26 09:57

É já na manhã deste sábado, véspera do I Domingo do Advento, que a diocese de Bragança-Miranda dá início ao novo Ano Litúrgico-Pastoral, na Catedral, em Bragança. O momento servirá também para apresentar o Projeto Pastoral da Diocese para o triénio de 2020-2023, com transmissão online. “Recomeçamos juntos no itinerário de acesso à vida eterna: por Cristo, com Cristo e em Cristo. Neste seguimento, propomo-nos a um triénio litúrgico e pastoral eclesiológico de “Igreja em saída” com todos, acompanhando e escutando na fé adulta, nomeadamente, as crianças, os adolescentes e os jovens num renovado sentido eclesial: Uma Igreja Serva que educa, celebra e festeja, rumo à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023. Igreja é Missão. Tu interessas-me!”, explica D. José Cordeiro, bispo de Bragança-Miranda. “No Credo, assim professamos: «creio na Igreja una, santa, católica e apostólica». Para o primeiro Ano litúrgico e pastoral, gostaríamos de testemunhar as duas primeiras notas da Igreja – Una e Santa – guiados pela palavra de Jesus: «Jovem, Eu te digo, levanta-te» (cf. Lc 7, 14), dedicada para o primeiro ano do caminho para a JMJ. Eis o nosso desafio quotidiano.
A ressurreição do filho único da viúva de Naim mostra que Jesus Cristo é a Vida que salva. Santo Agostinho comenta: «Se a mãe viúva (de Naim) se alegrou com a ressurreição do jovem, a nossa Mãe, a Igreja, alegra-se diariamente com a ressurreição espiritual dos homens»”, disse ainda.
Assente no tema «Uma Igreja serva que educa, celebra e festeja», o Projeto Pastoral “é orientado, iluminado e concretizado com a Jornada Mundial da Juventude que se realiza em Portugal em 2023 e tem como tema uma passagem do Evangelho de São Lucas sobre à visita da Virgem Maria à sua prima, Santa Isabel, mãe de São João Batista, “Maria levantou-se e partiu apressadamente” (Lc 1, 39).», explicou já o Pe. José Bento Soares, Vigário Episcopal para a Ação Pastoral, neste ano litúrgico e pastoral de 2020-2021, para quem a diocese “desafia-se a iniciar o caminho na fé da Igreja tendo por base a missão: Igreja é Missão, sendo uma Igreja serva, que educa, celebra e festeja”, frisa.
Este ano, devido à pandemia da Covid-19, a Abertura do Ano Litúrgico-Pastoral celebra-se num breve tempo da manhã com uma presença restrita de agentes pastorais e será transmitida pelo facebook da Catedral.