Vila Flor

Mulher procurada pelas autoridades durante toda a madrugada estava afinal em casa de uma vizinha

Publicado por Fernando Pires em Dom, 2020-09-20 16:58

Uma mulher de 65 anos, residente em Santa Comba da Vilariça, concelho de Vila Flor, foi dada como desparecida, ontem, por volta das 21,00 horas, que desencadeou uma operação de busca de cerca de 12 horas, mas, afinal a mulher, com problemas do foro psiquiátrico, esteve o tempo todo em casa de uma vizinha, a cerca de 400 metros da sua residência.
Ao que apuramos, ontem, à noite, a mulher terá pedido à vizinha para ficar essa noite em sua casa, argumentando que andava ser perseguida por alguém que a queria matar, convencendo-a dar-lhe acolhimento essa noite.
Só esta manhã, cerca das 08.00 horas, é que um familiar da mulher de 65 anos recebeu uma chamada a relatar o acontecimento e que ela estava bem na sua habitação. Alertada, a GNR de Vila Flor (destacamento territorial de Mirandela) foi ao local e constatou que a mulher estava mesmo na casa de uma vizinha, vindo a dar por concluídas as buscas no terreno que já duravam há cerca de 12 horas.
A operação envolveu 15 militares da GNR, quatro equipas cinotécnicas de busca e salvamento, com 4 cães pisteiros e ainda um drone.
Na sequência deste episódio, foi pedida uma avaliação psiquiátrica à mulher de 65 anos, que foi posteriormente encaminhada para o serviço de psiquiatria do departamento de saúde mental da Unidade Local de Saúde do Nordeste, no hospital de Bragança.